18. mai, 2016

O SOL POENTE

 

 

O sol poente

Ao se despedir

Embeleza o entardecer

Com apreciável cenário

 

 

Contagiante de luz

Em nuvens tristes

A sinalizar sua partida

Mas que voltará no outro dia

 

Tudo recomeçará

Por conta do vai e vem

Do fenômeno solar

A nos oferecer a vitamina “D”

 

Que nos faz bem

Em todos os sentidos

Para o trabalho

A noite para descansar

 

O sol poente

Com imagens lindas

Que comove e inspira

O mais desatento poeta.

 

Agenor Boaventura dos Santos/Pós-graduado em Docência Superior/Poeta.